Como Vender com Mini Sites antes de Posicionar?

como vender com mini site

 

Aprender como vender com mini sites é uma estratégia muito importante para quem deseja ter vários projetos na internet e poder um dia contar com a famosa “renda passiva”.

 

Por mais que esse termo não seja completamente verdadeiro, porque sempre será preciso dar uma olhada/ajustada em seus projetos, somente o fato de não precisar postar toda semana já faz do mini site um objeto de desejo.

 

Todo mundo que começa um blog sabe que a necessidade de postar sempre, divulgar nas redes sociais, pode se tornar bem desgastante, principalmente quando se trabalha sozinho.

 

Justamente por causa de todo esse trabalho é que há alguns anos surgiu nos EUA uma onda de mini blogs que os empreendedores americanos chamam de “Money sites”, ou sites para fazer dinheiro.

 

Toda concepção de um mini site é voltada para conversão, e o fato de ser feito com poucas páginas e apenas um texto para venda, torna-o bem mais rápido de criar do que um blog comum.

 

Como funciona um mini site

 

Se você está chegando agora no marketing digital e ainda não começou a trabalhar com mini sites, é importante entender seu funcionamento.

 

Como falei acima, mini sites são pequenos blogs que têm como única função, vender um produto.

 

Não existem artigos dentro dos mini sites, apenas um texto voltado completamente para conversão, e que usa e abusa de gatilhos mentais e outras técnicas de copywriting.

 

Para poder ser divulgado nas redes sociais ele também precisa ter as páginas comuns como “sobre”, “política de privacidade” e “termos de uso”, mas fora isso é apenas o texto de conversão.

 

Depois que está pronto é preciso posicioná-lo na primeira página do Google e é justamente aí que o trabalho duro começa.

 

Existem muitas ações a serem realizadas para começar a ranquear um mini site.

 

Os empreendedores mais engajados e que fazem desse tipo de página uma fonte de renda substancial, acabam investindo pesado em pbns e backlinks comprados em plataformas.

 

Para quem não tem dinheiro para investir, é importante fazer esses backlinks de forma manual mesmo, criando perfis nas redes sociais e fazendo posts apontando para o mini site.

 

Essa é apenas uma das maneiras, pois ainda dá para criar blogs na WEB 2.0 (plataformas gratuitas) e criar artigos que também apontarão para o mini site.

 

Como o Google entende que quanto mais backlinks uma página tiver, mais relevante ela é, então ele “sobe” esses mini sites para a primeira página dentro de suas palavras chave.

 

É um conceito simples e fácil de aplicar, mas que pode demorar bastante para dar resultado.

 

Como vender com mini sites antes mesmo de ranquear no Google

 

Conforme eu fui criando mini sites para os produtos que promovia, percebi que levando visitas para esses locais, eles ranqueavam mais rápido.

 

Por isso criei primeiramente uma fanpage de nicho e depois comecei a explorar as possibilidades da plataforma de buscas Pinterest.

 

Foi justamente quando um mini site meu fez vendas ANTES de estar ranqueado no Google, que eu me atentei que não só os backlinks são importantes, mas a quantidade de visitas também.

 

E aqui caímos no mesmo conceito do blog. Quanto mais leitores, mais pessoas clicando nos links, mais gente visitando as páginas de vendas, mais conversões.

 

Então, mais uma vez, o tráfego é a estrela do show, pois mini sites podem demorar muito para chegar na primeira página do Google, mas agora eu sei que é possível vender com eles antes de chegarem lá.

 

Meu conselho mais sério para você saber como vender com mini sites é: Invista em várias fontes de tráfego!

 

Crie fanpage de nicho, canal no youtube com vídeos de conteúdo apontando para seu mini site, imagens no Instagram e Pinterest, coloque slides no slideshare, tudo para atrair mais pessoas para ir até sua página.

 

Somente o público dessas redes sociais pode ser a quantidade de tráfego necessária para fazer vendas.

 

Mas uma coisa é muito importante aqui: Seu texto de vendas precisa estar bem persuasivo, explorando muito bem os gatilhos mentais, pois assim as visitas que chegarem se interessarão e irão até a página de vendas do produto.

 

Fazer um texto fraco pode até ranquear, mas se não houver um apelo forte do público pelo produto, as vendas podem não acontecer.

 

Então junte todo seu conhecimento do avatar, com as pesquisas bem feitas de palavras chave e crie um texto de vendas impecável.

 

Explore bastante a dor do público, mostre para ele que seu produto é a única solução que existe, e então crie uma rede de divulgação usando as redes sociais e o Pinterest.

 

Fazendo isso posso garantir que é possível vender com um mini site antes mesmo dele aparecer na primeira página do Google.

 

Fazendo esses testes de divulgação de conteúdo é que aprendi como vender com mini sites antes mesmo do ranqueamento e deixo essas dicas aqui para você também experimentar e ter sucesso com essa estratégia.

 

A BLACK FRIDAY do Marketing Digital está chegando...

Tatiane Faria

Olá, meu nome é Tatiane Faria, tenho 30 anos, sou casada, mãe da Alice e agora Empreendedora Digital. Descobri à mobilidade da internet e as possibilidades que ela oferece. Quer descobrir também?

Website: https://euempreendedora.com

    2 Comentários

    1. Tatiane, parabéns pelo artigo! Realmente os mini sites bem trabalhados podem render bons frutos por anos!

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *