Como ser Digital Influencer – Como começar do zero e ter sucesso nessa carreira

Quer aprender como ser digital influencer e começar um negócio digital bem lucrativo?

Então, recomendo que leia esse artigo até o final, pois nele falarei sobre essa forma de trabalhar na internet.

Bom, não preciso dizer que ser um(a) influenciador digital é uma forma de ganhar bastante dinheiro na internet, certo?

Mas, também não preciso dizer que isso não é para qualquer pessoa, pois é uma forma muito expositiva de trabalhar online.

Se você é daquelas pessoas tímidas, que não gosta de gravar vídeos, então definitivamente não dá para trabalhar como influenciador(a).

Normalmente as pessoas que se dão bem nessa carreira são bem desenvoltas, escolhem um nicho de mercado polêmico, e sabem articular e formar opiniões facilmente.

O segredo do sucesso de um digital influencer é ter milhões de seguidores nas redes sociais, pois esse público é que interessa para as grandes empresas que fazem contratos com os influenciadores.

Como ser digital influencer – Como um(a) influenciador(a) ganha dinheiro?

como-ser-influenciador-digital

Essa é uma pergunta feita recorrentemente, porque muitas pessoas não conhecem o mecanismo de troca na internet.

Para quem tem um canal no Youtube com milhões de seguidores, tem na verdade uma audiência que consome dezenas de produtos todos os dias.

Atualmente, as agências de publicidade e também os departamentos de marketing das grandes marcas ficam de olho nos influenciadores, para ver qual audiência interessa mais para seus produtos.

É assim, por exemplo, que a Loreal escolhe uma influenciadora do nicho de beleza para promover um novo shampoo, ou a Unilever escolhe um canal para promover um novo sabão para roupas.

No âmbito geral, a empresa gastará muito menos fazendo um contrato com um(a) influenciador(a) do que se contratasse alguém famoso para fazer uma propaganda comum.

O que os(as) influenciadores(as) tem que essas empresas AMAM? Público potencial que consome seus produtos.

É dessas parcerias/contratos que vem o dinheiro dos(as) influenciadores(as), e também do Adsense (anúncios) que são colocados em seus canais e blogs.

Outra forma de ganho é quando o(a) influenciador(a) resolve promover produtos como afiliado(a) oferecendo em suas redes sociais.

Agora veja: Se você com um blog que tem um número normal de visitas, e um canal com alguns milhares de seguidores já consegue fazer vendas como afiliado, imagine alguém com milhões de inscritos e leitores?

Uma coisa precisa ficar clara: Um(a) influenciador(a) ficará cada vez mais conhecido(a) conforme for aumentando os seguidores e inscritos em suas redes sociais.

A quantidade de público é a moeda de troca desses profissionais que vivem de formar opinião nas redes sociais.

Influenciador(a) Digital – Muito além das curtidas, likes e inscrições

digital-influencer

Se quando ouve a expressão influenciador digital você já pensa que terá que sensualizar no Instagram, pode esquecer.

Existem muitos profissionais que formam opinião em questões fundamentais como economia (a Natalia Arcuri do “Me poupe”, por exemplo) e empreendedorismo (o Flavio Augusto do “Geração de valor”, por exemplo).

Para ser um(a) influenciador(a) é necessário ter uma visão inovadora e positiva de questões normalmente polêmicas e que causam impacto social.

Um exemplo bem diferente de influenciador é o Rick Chester que ficou conhecido depois de ter viralizado um vídeo de um minuto onde ensina como empreender vendendo água na praia de Copacabana.

O que realmente “pegou” no vídeo, foi que ele mostrou uma visão completamente diferente de “se dar bem” sem precisar roubar, ou traficar drogas, como alguns jovens acabam fazendo ali no RJ.

Com o bordão “pega a visão” ele mostra em vídeos curtos, sacadas inteligentes para criar negócios e sair da crise.

Em pouco tempo ele acabou sendo chamado para palestrar em Harvard e se tornou um influenciador digital de sucesso.

Assim, se você tem um pensamento construtivo sobre algum assunto e acha que isso pode ser importante para a sociedade, já tem meio caminho andado para aprender como ser digital influencer.

Assim, um(a) professor(a) com uma nova metodologia de ensino, um advogado que presta ajuda online com questões comuns, ou uma cabeleireira que dá dicas de beleza, podem ser ótimos influenciadores digitais.

O caminho mais curto para aprender como ser digital influencer

Se você gostaria de ser influenciador(a) digital, mas não tem noção de como começar, recomendo conhecer o curso Influencer Academy da Gabi Ferreira.

É um curso completamente online onde ela ensina como crescer suas redes sociais do completo zero.

No curso ela mostra as coisas que são necessárias fazer para se tornar um(a) influenciador(a) digital, e também fornece modelos de contratos, mídia kits e muito mais.

Claro que você pode começar sua carreira sem apoio nenhum, na base do erro e acerto, mas aprender com quem já tem sucesso, fará tudo acontecer muito mais rápido.

Desde aprender se é necessário ter um nicho específico, até montagem do seu mídia kit, passando por contratos e branding, tudo isso você aprende em vídeo aulas passo a passo com a Gabi.

Desejo que esse artigo sobre como ser digital influencer tenha aberto seus olhos para mais essa opção de trabalho na internet que é muito lucrativa.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!