Minha experiência com Marketing Multinível ou Marketing de Rede

Meu primeiro contato com o marketing multinível ou marketing de rede foi em 2013, após receber o convite de uma amiga para participar de uma reunião de negócios.

Ela não me disse na hora do que se tratava, apenas me disse que era a chance que procurávamos pra empreender e conquistar a tão sonhada liberdade.

Mas, o que é Marketing Multinível?

Marketing Multinível ou Marketing de Rede é um sistema de negócios no qual cria-se uma rede para distribuição de bens e/ou serviços, no qual estes (produtos) são indicados através de boca-a-boca pelos distribuidores independentes cadastrados.

Em simples palavras, é VOCÊ, de forma independente, convidando pessoas para fazer parte da sua equipe para que juntos possam promover produtos ou serviços de uma determinada empresa e juntos recebam comissões pelos serviços prestados.

Para entendimento mais amplo sugiro a leitura dos livros “Pai Rico, Pai Pobre” e “Negócio do Século XXI” ambos do autor e empreendedor Robert Kiyosaki. O mesmo é referência no assunto e pode ajudar pessoas que se interessam pela área.

Voltando ao sonho de empreender…

Como já dito, minha amiga e eu, sonhávamos em ter um negócio próprio. Viajávamos todo ano juntas e todo ano enfrentávamos o mesmo problema: conseguir folga no trabalho. Isso porque nem sempre as nossas férias coincidiam com a viagem, mesmo quando planejávamos com antecedência.

Nossa família sempre trabalhou por conta própria e nós éramos as únicas que trabalhavam no regime CLT. Então quando ela participou da reunião, logo nos imaginou no projeto. Fomos a reunião e realmente achei algo fantástico. Totalmente diferente do que eu já havia visto.

Entretanto, meu marido achou que devíamos procurar outra empresa, uma empresa que tivesse mais haver com nosso perfil, já que o perfil da primeira empresa que conhecemos era mais elitizado. 

Partimos na busca de outra empresa e encontramos. Pesquisamos tudo o que conseguimos. Estudamos a fundo o plano de carreira da empresa, olhamos o preço dos produtos para o consumidor final, a logística de entrega dos produtos e buscamos pessoas que já faziam parte do negócio para esclarecer as dúvidas pendentes.

Meu marido e eu, tomamos a decisão de fazer parte e compramos o nosso kit inicial. Agarramos a oportunidade com unhas e dentes dispostos a crescer.

Minha amiga havia entrado pra outra empresa, mas gostou tanto do projeto que resolveu abandonar e fazer parte da nossa equipe.

Trabalhamos de forma frenética e os resultados começaram a vir. Um patamar por mês até chegarmos no terceiro nível. Ao chegar no terceiro nível, estagnamos e por mais que tentássemos não conseguíamos mudar de nível. Participávamos dos eventos, fazíamos apresentações, investimos em produtos, mas o resultado não vinha.

Por várias vezes pensamos em desistir, mas a vontade de vencer era maior e nos fazia seguir em frente. Até que houve uma mudança no plano de negócios que atingiu bruscamente os nossos ganhos, pra pior.

Ainda sim não desistimos e continuamos na busca do nosso sonho. Mas confesso que era muito difícil manter uma rede com bons resultados. As pessoas desistiam no meio do caminho, outras faziam compromissos e não cumpriam, outras achavam que seria fácil e poucas queriam de verdade. Então ao mesmo tempo que tudo ia bem, de repente tudo mudava.

Quero deixar claro que não estou culpando as pessoas que fizeram parte da minha equipe, eu demorei a entender, mas quando entendi passei a respeitar e aceitar. Eu desisti do marketing multinível porque percebi que as pessoas não tinham a mesma ambição e pressa que eu tinha. Porque eu me frustrava cada vez que ouvia uma nova desculpa ou algo não saia como eu havia planejado.

Eu desisti porque meus resultados não dependiam só do meu esforço, mas sim de um esforço coletivo. E eu não consegui engajar minha equipe ao ponto de todos terem resultados. Cada um tem um ritmo, um tempo, uma história, um desejo e essas diferenças me traziam frustrações  e me fez desistir.

Os ganhos financeiros que o marketing de rede proporciona são encantadores e muda a vida de muitas pessoas. Porém muitos se enganam ao achar que é ganhar dinheiro fácil e rápido. É possível sim ter ótimos ganhos com marketing de rede, entretanto, como qualquer outra profissão é preciso se dedicar e trabalhar duro.

Mas, decidimos então buscar oportunidades que os resultados venham através do nosso esforço, ou que pelo menos seja mais previsível. 

Contudo, após 9 meses de projeto, tomamos a decisão definitiva de abandonar o projeto(meu marido e eu). Nunca me arrependi, pois pensei muito antes de tomar a decisão final. Minha amiga está no projeto até hoje, firme e forte.

Hoje, analisando a situação por fora, consigo identificar algumas falhas e algumas coisas que eu faria diferente e são essas coisas que deixarei listadas aqui pra quem tiver interesse.

marketing-rede-multinivel

15 Dicas para ter Resultados com o Marketing Multinível 

  • Dica 1: Se pretende fazer parte de algum marketing de rede, pesquise muito e procure uma empresa que tenha haver com você. É importante que goste dos produtos e que os teste antes.
  • Dica 2: Estude e entenda o plano de carreira da empresa. Tenha os pés no chão e avalie se realmente é algo tangível e que você é capaz de alcançá-lo. São tantos os ganhos que às vezes nos empolgamos e não avaliamos os detalhes.
  • Dica 3: Além de gostar dos produtos, veja o preço dos mesmos e pense nos seus potenciais clientes. Pra quem vou vender? Essas pessoas pagariam o preço X? Mesmo que você não volte seus esforços pra venda é importante avaliar pra não se arrepender depois.
  • Dica 4: Veja se a empresa possui fábrica própria, se há franquias de apoio, logística de entrega de produtos. Isso passa confiança e credibilidade pro negócio. 
  • Dica 5: Ouça os seus líderes, converse com as pessoas que já tem resultados. Planeje ações junto à sua equipe, entenda o que cada um quer e busque pessoas com ambições semelhantes a sua. 
  • Dica 6: Cada pessoa é de um jeito, é preciso ser versátil e respeitar isso. 
  • Dica 7: Cada um faz o negócio por um motivo, entenda esses motivos e use pra motivar sua equipe. 
  • Dica 8: Cada um tem um tempo, saiba qual é, pra não se frustrar depois. 
  • Dica 9: Não faça tudo pelo outro. Às vezes na busca por resultados rápidos assumimos tarefas que não nos pertence. Neste caso você acaba arrumando dois problemas: a sua equipe fica mal acostumada e você sobrecarregado. 
  • Dica 10: Invista seu tempo em quem realmente quer. Você logo saberá identificar quem só quer enrolar de quem quer fazer. 
  • Dica 11: Seja profissional, trate sua equipe com seriedade. Evite se envolver emocionalmente. 
  • Dica 12: Não dê socos em ponta de faca, você ajudou uma, duas, três não teve engajamento siga em frente.
  • Dica 13: Se atualize sempre, estude pessoas, estude negócios, aprenda gerir, planejar e organizar.
  • Dica 14: Trace metas REAIS, de preferência de médio-longo prazo com sua equipe. Evite metas a curto prazo, exceto com vendas, pois sua equipe ficará frustada e a maioria irá desistir antes mesmo de tentar. 
  • Dica 15: Não deixe a venda de produtos de lado, no marketing de rede é comum as pessoas não quererem se envolver com vendas. Não precisa ser a atividade principal, mas é essencial que seja dada a devida importância às vendas. As vendas traz retorno financeiro rápido, cria relações e possíveis cadastros.

Espero ter ajudado,

Abraços,

Tatiane Faria

Olá, meu nome é Tatiane Faria, tenho 30 anos, sou casada, mãe da Alice e agora Empreendedora Digital. Descobri à mobilidade da internet e as possibilidades que ela oferece. Quer descobrir também?

Website: http://www.euempreendedora.com

2 Comentários

  1. Adorei seu site. Muito conteúdo de qualidade. Obrgado por compartilhar. Abraço e sucesso

    • Obrigada Amanda! Fique ligada, pois sempre compartilho conteúdos novos. Abraços e sucesso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *